SAÚDE

Tapejara permanece em bandeira preta no Mapa Definitivo do RS


POR: Diário da Manhã
23-02-2021 - 07:56
COMPARTILHAR
icon-facebook icon-twitter icon-whatsapp
230 visualizações


Divulgação

O Governador Eduardo Leite anunciou na tarde desta segunda-feira (22) a decisão sobre os novos protocolos do Distanciamento Controlado.


Conforme o Governador do RS, a cogestão será mantida nas regiões – tema que foi discutido entre o gabinete de crise com a Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (FAMURS) nesta manhã -, porém ele afirmou que novas regras foram estabelecidas pelo Governo.


A partir de hoje (23), está suspensa as atividades gerais no Estado das 20h às 5h. Eduardo Leite salientou que até os supermercados devem estar fechados a partir do horário definido.


As exceções para a suspensão geral são: farmácias, hospitais e clínicas médicas, serviços funerários, serviços agropecuários, veterinários e de cuidados com animais em cativeiro, assistência social e atendimento à população vulnerável, hotéis e similares, postos de combustíveis e estabelecimentos dedicados à alimentação e hospedagem de transportadores de cargas e de passageiros, estabelecimentos que funcionem em modalidade exclusiva de tele-entrega e Centrais de Abastecimento do Rio Grande do Sul (Ceasa).


A suspensão geral também não atinge atividades industriais noturnas.


Distanciamento controlado e bandeiras

Além disso, ele afirmou ter indeferido todos os recursos do Distanciamento Controlado e manteve a região de Passo Fundo na bandeira preta.


Além da nossa região, foram mantidas na bandeira preta as regiões de: Canoas (em cogestão), Capão da Canoa (em cogestão), Caxias do Sul (em cogestão), Erechim (em cogestão), Lajeado (em cogestão), Novo Hamburgo (em cogestão), Palmeira das Missões (em cogestão), Porto Alegre (em cogestão), Santa Cruz do Sul (em cogestão) e Taquara (em cogestão).


O restante permaneceu classificado na bandeira vermelha.


Aulas

Outro ponto destacado pelo Governador foi, a manutenção das aulas presenciais – mesmo na bandeira preta – da educação infantil e do primeiro e segundo ano.


Para os demais níveis de ensino, as atividades presenciais seguem proibidas em regiões com bandeira preta. As atividades de ensino presencial não podem ser definidas pelo sistema de cogestão regional.


As mudanças, tanto no horário de suspensão das atividades, como do funcionamento da cogestão regional e das escolas, devem ser publicadas em decretos ainda nesta segunda-feira (22), para que possam valer a partir de terça (23), juntamente com o mapa definitivo da 42ª rodada.


Ainda nesta semana, o governo do Estado convocou uma nova reunião, para quinta-feira (25/2), com a Famurs e as associações regionais para reavaliar a situação e o cumprimento das medidas.


Fiscalização

Leite também apontou a necessidade de as associações regionais e prefeituras atualizarem seus planos regionais de cogestão, incluindo um detalhamento de como se dará a fiscalização nos municípios. A intenção é coibir aglomerações, o descumprimento da suspensão geral de atividades e outras medidas necessárias para conter a disseminação do vírus.

MAIS LIDAS DA SEMANA

MAIS LIDAS DA SEMANA

VER MAIS NOTÍCIAS

OPINIÃO

TOP 10