SAÚDE

Tapejara segue em bandeira vermelha no Mapa Preliminar do RS


POR: Assessoria Gov/RS
23-01-2021 - 11:23
COMPARTILHAR
icon-facebook icon-twitter icon-whatsapp
162 visualizações


Divulgação'

O mapa preliminar da 38ª semana do Distanciamento Controlado, divulgado nesta sexta-feira (22), reflete a alteração de indicadores monitorados pelo sistema estadual de enfrentamento à pandemia, com leve queda de internações e óbitos por Covid-19.


Com isso, a classificação prévia traz quatro regiões com bandeira laranja – no mapa preliminar da semana passada, havia apenas uma e, no mapa definitivo, ficaram duas laranjas após o deferimento de um dos recursos.


Ainda assim, a grande maioria das regiões segue em bandeira vermelha, ou seja, com risco alto para esgotamento da capacidade hospitalar e velocidade de propagação do vírus no Estado. As 17 regiões em vermelho somam 78,4% da população gaúcha, enquanto no mapa anterior eram 86% dos habitantes nas 19 regiões.


Veja a classificação prévia da 38ª rodada em

https://distanciamentocontrolado.rs.gov.br


Para o total do Rio Grande do Sul, houve redução no número de pessoas confirmadas com Covid em leitos clínicos (-9%) e estabilidade nos internados em UTI. Foi registrada, ainda, estabilidade no número de casos ativos e, no acumulado desta semana, considerável redução dos óbitos (-19%).


Nesta 38ª rodada do Distanciamento Controlado também ocorreu redução no número total de leitos de UTI ocupados. Na semana 36, havia 2.630 leitos de UTI; na 37, 2.640, e na atual, 2.660. Contabilizando o aumento do total de leitos e a estabilidade dos confirmados com Covid-19 em UTI, a razão de leitos livres para cada ocupado por Covid-19 se elevou para 0,77; era 0,71 (semana 37) e 0,70 (semana 36).


Mesmo com o início do plano de vacinação, a secretária da Saúde, Arita Bergmann, reforça que a pandemia não acabou, e o mapa preliminar continua refletindo a gravidade da situação do Rio Grande do Sul.


“A vacina chegou, mas a quantidade ainda é pequena diante da população que deverá ser vacinada. Portanto, mais uma vez, salientamos a importância do cuidado individual, com o próximo, do uso dos equipamentos de proteção, especialmente a máscara, de lavar as mãos com frequência, usar álcool em gel e ter cuidados básicos. O mapa de hoje revela justamente que a maioria das regiões está em risco alto. Toda a população deve continuar em estado de alerta porque o vírus segue circulando”, afirma Arita.


Na segunda-feira (18), o governo do Estado recebeu do Ministério da Saúde um lote de 341,8 mil unidades da Coronavac, vacina fabricada pelo Instituto Butantan em parceria com o Sinovac. Inicialmente, foram distribuídas 170,8 mil doses, aproximadamente a metade do recebido. A outra parcela ficou armazenada para a aplicação da segunda dose da vacina, já que o governo federal não estipulou previsão de outra remessa de vacinas.


Neste momento, o público a ser vacinado são profissionais de saúde da linha de frente em hospitais, da área da atenção básica e rede de urgência e emergência, pessoas acima de 60 anos que vivem em Instituições de Longa Permanência de Idosos (ILPI) e populações indígenas aldeadas.


REGIÕES EM SALVAGUARDA

Nesta semana, a salvaguarda atuou nas regiões a seguir, as mantendo em bandeira vermelha: Capão da Canoa, Taquara, Novo Hamburgo, Guaíba, Porto Alegre, Erechim e Passo Fundo.


A nova regra, vigente desde a 35ª rodada, garante bandeiras de risco alto e altíssimo (vermelha e preta) quando a região tem elevada quantidade de novas hospitalizações de pacientes confirmados com Covid-19 (conforme a região de residência do paciente) e, ao mesmo tempo, está inserida em uma macrorregião com baixa capacidade hospitalar.


Dessa forma, a região recebe bandeira vermelha nas seguintes situações:

• O Indicador 6, hospitalizações para cada 100 mil habitantes da região, apresentar bandeira vermelha ou preta;

• O Indicador 8, leitos livres/leitos Covid da macrorregião, seja menor ou igual a 0,8.


RESUMO DA 38ª RODADA

Regiões que apresentaram piora (1)


LARANJA > VERMELHA

Guaíba


Regiões que continuaram iguais (17)


LARANJA

Caxias do Sul (em cogestão)


VERMELHA

Canoas (em cogestão)

Capão da Canoa (em cogestão)

Cruz Alta (em cogestão)

Erechim (em cogestão)

Ijuí (em cogestão)

Lajeado (em cogestão)

Novo Hamburgo (em cogestão)

Palmeira das Missões (em cogestão)

Passo Fundo (em cogestão)

Porto Alegre (em cogestão)

Santa Cruz do Sul (em cogestão)

Santa Maria

Santa Rosa (em cogestão)

Santo Ângelo (em cogestão)

Taquara (em cogestão)

Uruguaiana


Regiões que apresentaram melhora (3)


VERMELHA > LARANJA

Bagé (em cogestão)

Cachoeira do Sul (em cogestão)

Pelotas (em cogestão)


MAIS LIDAS DA SEMANA

MAIS LIDAS DA SEMANA

VER MAIS NOTÍCIAS

OPINIÃO

TOP 10