TECNOLOGIA

Tik Tok altera configurações de privacidade para menores de 18 anos


POR: G1
13-01-2021 - 15:40
COMPARTILHAR
icon-facebook icon-twitter icon-whatsapp
38 visualizações


Pixabay

O TikTok anunciou nesta quarta-feira (13) alterações em suas configurações de privacidade para menores de 18 anos. Uma das mudanças é que as contas de usuários com idade entre 13 e 15 anos passam a ser padronizadas como privadas.


Com essa modificação, apenas quem o usuário aprovar como seguidor pode assistir seus vídeos. Antes, as contas tinham a configuração padrão como pública, aberta para qualquer usuário acessar.


Os usuários entre 13 e 15 anos podem alterar a sua conta para pública, caso queiram, explica a rede social. A idade mínima para ter acesso a rede social é de 13 anos, disse o TikTok.


"À medida que os jovens começam sua jornada digital, acreditamos que é importante fornecer a eles configurações e controles de privacidade adequados à idade", afirmou Tracy Elizabeth, líder global de política de segurança de menores do TikTok.


Para a rede social chinesa, as alterações de configuração de privacidade devem promover uma "experiência mais segura" aos usuários.


Veja outras alterações de privacidade padrão no TikTok

Os comentários em vídeos criados por menores de 16 anos foram restritos. Esses usuários agora podem escolher entre Amigos ou Ninguém para estabelecer quais usuários comentam em sua conta; a configuração de comentário Todos foi removida;


Para usuários de 16 a 17 anos, a configuração padrão de Dueto e de Costurar foi pré-definida para Amigos.


Os downloads só serão permitidos para vídeos criados por usuários com 16 anos ou mais. Outros usuários podem decidir se desejam permitir o download de seus vídeos, embora para usuários de 16 a 17 anos a configuração padrão seja alterada para Desligado, a menos que eles decidam ativá-la.


A definição de "Sugira sua conta para outras pessoas" foi alterada para Desativado por padrão para usuários com idade entre 13 e 15 anos.

MAIS LIDAS DA SEMANA

MAIS LIDAS DA SEMANA

VER MAIS NOTÍCIAS

OPINIÃO

TOP 10