Ouça Ao vivo Peça Sua Música Android App iOS App

Por Trás da Música #04: Poema - Ney Matogrosso

Foto: Cássia Maia/DomTotal

Na verdade, ela é interpretada por Ney Matogrosso, mas sua origem mostra como a música passa por um processo complexo até se transformar em versos e melodias. Por vezes, até difícil de se chegar à conclusão sobre de quem é a autoria!

 

A origem dela é num poema escrito por Cazuza, quando tinha 17 anos, para a avó Maria José. No livro “O Tempo não Para”, de Lucinha Araújo, ela relata que o cantor presenteou sua avó com um lindo poema, “dos versos mais simples e tocantes”. Quando Cazuza morreu, a mãe começou a juntar todas as coisas que pertenciam ao filho, para mais tarde montar um acervo. Ela sabia que a avó de Cazuza guardava com muito carinho o poema que seu filho tinha a presenteado. Porém, a avó recusou-se a entregar, dizendo que era um presente e que não poderia simplesmente dar a ela.

 

Lucinha ficou muito chateada, mas quando a avó morreu, recebeu uma caixinha e nela estava o poema. Gostando muito do texto, ligou para Frejat, parceiro de Cazuza na banda Barão Vermelho, e perguntou se ele gostaria de uma parceria para idealizar a música. Ele leu e passou uma noite em claro até finalmente conseguir transformar o poema em música. No entanto, sugeriu que ficaria perfeita na voz de Ney Matogrosso. Ney aceitou e a canção foi lançada em 1999 no seu álbum “Olhos de Farol”. Em 2003, fez parte da trilha sonora da novela “Sangue Bom”, da Rede Globo. Hoje, “Poema” é a música mais tocada na voz de Ney Matogrosso, de acordo com levantamento do ECAD.

 

POEMA

Eu hoje tive um pesadelo e levantei atento, a tempo

Eu acordei com medo e procurei no escuro

Alguém com seu carinho e lembrei de um tempo

Porque o passado me traz uma lembrança

Do tempo que eu era criança

E o medo era motivo de choro

Desculpa pra um abraço ou um consolo

 

Hoje eu acordei com medo mas não chorei

Nem reclamei abrigo

Do escuro eu via um infinito sem presente

Passado ou futuro

Senti um abraço forte, já não era medo

Era uma coisa sua que ficou em mim

 

De repente a gente vê que perdeu

Ou está perdendo alguma coisa

Morna e ingênua

Que vai ficando no caminho

Que é escuro e frio mas também bonito

Porque é iluminado

Pela beleza do que aconteceu

Há minutos atrás 

 

 

fonte: https://redesina.com.br/historia-da-musica-poema/

 

Arquivos

  • Por Trás da Música #04: Poema - Ney MatogrossoOuvir

Agenda

Top 10

  • 1WESLEY SAFADÃO - IGUAL ELA, SÓ UMA (2019)
  • 2MARILIA MENDONÇA - TODO MUNDO VAI SOFRER (2019)
  • 3SORRISO MAROTO Part. Dilsinho - 50 VEZES (2019)
  • 4ED SHEERAN & Justin Bieber - I DON'T CARE (2019)
  • 5ANITTA Feat Ludmilla Snoop Dogg - ONDA DIFERENTE (2019)
  • 6LUAN SANTANA - QUANDO A BAD BATER (2019)
  • 7VITÃO - CAFÉ (2019)
  • 8JORGE E MATEUS - TIJOLÃO (2019)
  • 9IZA - BRISA (2019)
  • 10SHAWN MENDES, Camila Cabello - SENORITA (2019)
Fale Conosco: 54 3344 1605
Tapejara/RS - Brasil
100e7 FM © Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por wg3web.com.br