Ouça Ao vivo Peça Sua Música Android App iOS App

Celebridades

22.05.2020 - 17:32

125 visualizações

João Neto e Frederico são condenados por acidente com fogos de artifício

Foto: Internet

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) emitiu decisão favorável a um taxista atingido por fagulhas de fogos de artifício durante show da dupla sertaneja João Neto e Frederico, em Patos de Minas.

 

O processo por danos morais é de R$ 10 mil e ainda cabe recurso da defesa. Os envolvidos na ação se posicionaram.

 

De acordo com a TJMG, o taxista foi obrigado a se afastar do trabalho por três dias, o que gerou prejuízo de R$ 2,4 mil. A vítima processou os cantores, a empresa Work Show Produções Artísticas Ltda e o Sindicato dos Produtores Rurais de Patos de Minas.

 

No processo, o taxista alegou que os cantores, produtores e organizadores não tinham autorização de órgãos competentes para fazer a queima de fogos, e que por isso, agiram com imprudência. Ele afirmou ainda, que o responsável pelo acionamento dos fogos não tinha qualquer treinamento ou habilitação para a ação.

 

Em primeira instância, a Justiça entendeu a culpa dos acusados e fixou a indenização em R$ 6 mil. Já em segunda instância, o Judiciário alegou que o ferimento no olho foi naturalmente doloroso e podem causar traumas e sentimentos de medo e insegurança, e aumentou o valor indenizatório para R$ 10 mil.
 
 

O que dizem os envolvidos
 
Ainda segundo o TJMG, o sindicato denunciou duas empresas de seguros, alegando que ambas seriam as responsáveis por qualquer dano ocorrido durante o evento, e que a queima de fogos ocorreu pela exclusiva vontade da dupla sertaneja e da produção. Argumentou também, que foi o profissional da equipe dos cantores que foi o responsável pelo acionamento dos fogos.

 

A dupla sertaneja e a Work Show se posicionaram contra a indenização, argumentando que o local onde a apresentação foi realizada era seguro e que os danos físicos foram mínimos.

 

Uma das seguradoras alegou que o contrato firmado com o sindicato rural não cobre o dano causado ao taxista. Já a outra, contestou afirmando que a condenação deve ser feita de acordo com a cobertura especificada na apólice contratada.

 

*Por G1 Triângulo e Alto Paranaíba

Agenda

Top 10

  • 1MARÍLIA MENDONÇA - SUPERA (2019)
  • 2MATHEUS E KAUAN Part. Jorge e Mateus - QUARTA CADEIRA (2019)
  • 3BRUNO E MARONE - SHOW DE RECAIDA (2019)
  • 4DIEGO E ARNALDO - RELOGIO PARADO (2019)
  • 5JOÃO NETO E FREDERICO - RADIN LIGADO (2019)
  • 6MELIM - GELO (2019)
  • 7GIULIA BE - MENINA SOLTA (2019)
  • 8SORRISO MAROTO - REPRISE (2019)
  • 9IZA - MEU TALISMÃ (2019)
  • 10LILL NAS X Feat. Bily Ray Cyrus - OLD TOWN ROAD (2019)
Fale Conosco: 54 3344 1605
Tapejara/RS - Brasil
100e7 FM © Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por wg3web.com.br